segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Lua Marinha na Praia do Rosa, um banquete com Crianças a Bordo.

Depois da Sut- Mie e da Fernanda Paraguassu, mais uma amiga virtual transformou-se em uma amiga real no feriado do Dia das Crianças: a Pati Papp - autora do blog Coisas de Mãe e do manual práticoCrianças a Bordo, como viajar com seus filhos sem enlouquecer”. Quando sugeri o Lua Marinha para nosso encontro, não tinha certeza se o local seria child-friendly. Confesso que foi o meu lado guloso, e não o materno, que fez essa escolha. Afinal, o Lua Marinha faz parte da série “lugares que amo”.
Liguei para o Lua Marinha (próximo à Praia do Rosa em Santa Catarina), confirmei a existência de Menu Kids no cardápio e de sua abertura no horário do almoço nesse feriado. Feito isso, fiz as reservas. Com crianças é altamente recomendável ir de dia. À noite, o ambiente é totalmente romântico, com pouca iluminação e muitas velas. O restaurante fica escondido num caminho esburacado e rural. Não se preocupe, para encontrar esse paraíso gourmet (com direito a pôr-do-sol na Lagoa de Ibiraquera), basta seguir as placas a partir da estrada da Praia do Rosa.
Intervalo para um pequeno histórico do Lua Marinha:
O restaurante de frutos de mar e culinária exótica já foi notícia no New York Times. Acaba de ganhar sua quinta estrela consecutiva no Guia Quatro Rodas. A jovem e talentosa Chef Taís Muradás é autodidata. Aprendeu a cozinhar de tão curiosa e apaixonada que é. Foi mais ou menos assim, contou-me a simpática atendente do Lua Marinha: “Taís gostava de pegar onda de bodyboard na Praia do Rosa. Na hora de comer, não encontrava uma opção mais elaborada. Foi daí que surgiu a idéia, há mais de 9 anos, de abrir o restaurante e se aventurar nas panelas.” Taís cozinha para eventos, congressos e gente famosa como a equipe do Cirque du Soleil, Madonna e, em breve, Paul McCartney (uau! acabaram mudando e não foi ela!). Ela é responsável pelo catering de todas essas turnês no Brasil. A Chef é mestre em misturar ingredientes e temperos com frutos do mar, sem falar que seu ponto de cozimento do polvo e da lula é algo que impressiona.
Voltando para nossa experiência com crianças a bordo no Lua Marinha, a turma mirim ganhou uma mesa exclusiva para ela. Cinco pequenos tripulantes fizeram a maior bagunça com a cera das velas nas garrafas (aviso aos navegantes: isso não é permitido, e as crianças levaram um leve “puxão de orelha”). 
Enfim, os menores quase enlouqueceram os garçons que, apesar de tudo, continuaram sorridentes e solícitos.(Pati, a gente bem que podia escrever o “Crianças à Mesa – como comer fora com seus filhos sem enlouquecer”).
É preciso salientar que os pratos aqui demoram bastante – mas a espera é altamente recompensada pelo sabor único. Enquanto uivavam de fome, as crianças deram uma volta pelo ambiente e encontraram: o Piu-Piu e o Frajola,...
...um deck com vista para a linda Lagoa de Ibiraquera ...
...e os brinquedinhos que a expert viajante Pati Papp trouxe em sua bolsa.
Os drinks que acompanharam nosso almoço foram: a tradicional caipirinha, o maravilhoso “Coco Loco” (uma espécie de caipira com coco) e algumas cervejas.
Quando o prato infantil chegou, as crianças o devoraram rapidamente. Atenção: essa porção de filé e spaguetti na manteiga é individual, diferente da maioria das porções adultas que servem bem duas pessoas.
Enquanto uma mesa limpava os pratos, a outra admirava suas entradas do fundo do mar. A primeira iguaria, lulas na manteiga com uma textura única. Até as crianças comeram achando que era um macarrão diferente.
Logo após, o camarão com casca ao alho e óleo feito de forma extraordinária. 
As ostras frescas, vindas da Praia do Sonho, também foram aplaudidas.
Um ceviche de robalo, com pimenta, gengibre, cebola e limão, também fez a alegria dos oito “marinheiros” que dividiam esse banquete das marés. Um pouco ácido, porém delicioso.
Única entrada que não causou furor foi o carpaccio de salmão com molho de laranja, gengibre, shoyu e cebolinha (era a minha favorita). É que nesse dia o peixe estava levemente congelado, perdendo um pouco do seu sabor. Quando bem feito, I strongly recommend it!
Depois da memorável degustação de entradas, os pratos principais foram apresentados de forma esplêndida. Começando pelo indescritível camarão com coco...
...e arroz cremoso de limão.
Seguindo a sequência, polvo com 4 cogumelos frescos e fetuccine (com nata e gorgonzola), nham, nham, nham!
E o inigualável polvo à portuguesa com purê de batata. Na disputa entre o mais delicioso, fico em dúvida entre o polvo à portuguesa e o camarão com coco. Ambos estavam divinos.
Enquanto ainda nos divertíamos experimentado o prato dos amigos (foi um tal de “pega aqui um pouco”, “experimenta isso”, “finca o garfo aqui”), as crianças recebiam seus sorvetinhos
Toda a nossa aventura marítima foi embalada por uma ótima seleção musical do Lua Marinha. No final, a Taís Muradás saiu da cozinha e foi conversar um pouco conosco. Registramos, então, o momento de uma Chef exemplar (Tais), uma mãe gulosa (eu)  e outra viajante (a Pati).
A conta: R$ 200 por casal e família. Foi delicioso conhecer a Pati, seus pais aventureiros (eles conhecem muito do mundo) e ver nossas crianças brincando. O Lua Marinha, a luz do dia, mostrou seu lado kids-friendly. Ah, no dia seguinte fiz a "dieta do livro" (no lugar da dieta da lua) e devorei Crianças a Bordo, o presente que ganhei da Pati.

Estr. Geral de Ibiraquera 
(seguir placas a partir da estrada para a Praia do Rosa)
Praia do Rosa/Santa Catarina
(48) 3354-0543 (confirmar horários por telefone)

10 comentários:

Carol Garcia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carol Garcia disse...

eita delícia!
bom passeio, boa comida e excelente companhia.
a pati é uma querida, minha amiga de infância cibernética.
um adendo... vou virar sócia da samsung, mordi outro monitor.
O que é essa lula na manteiga???????
fala sério. até senti o cheirinho.
puts, que fome.
sempre ótimas dicas

Lê, muuuito obrigada pelo link aqui no destemperatinhos.
bjocas

Coisas de mãe disse...

Foi um almoço muito gostoso! E este lugar é a minha cara, adorei os detalhes e a comida, é claro! Super recomendo!!

beijos

Pati

Magali Moraes disse...

Alexandra, babei com esse post. Delícia! O blog tá a cada dia melhor e mais saboroso.
Beijão
Maga

Tatiana disse...

Eita lugarzinho sinixxtro!!!! Como não enlouquecer nele?

Viajando com Pimpolhos disse...

Gente, quanta coisa gostosa! Vocês comeram isso tudo?! Que delícia!
Gostei muito da tua idéia do livro, acho que tem tudo a ver com você e seu assunto! Think about it!
Beijos, querida!
Sut-Mie

Mamma Mini disse...

Que delícia, amei amei amei
e vou amar o livro "como comer com seus filhos sem enlouquecer" rs rs rs , tem que levar o arsenal na bolsa mesmo! Já tá anotada a dica quando eu estiver por essas bandas!
um beijão

Alexandra disse...

Esse lugar é mesmo imperdível com ou sem crianças. Pati, tem gente já curtindo a idéia do Livro! Beijos
Alexandra

Diego disse...

Quando eu crescer, quero comer que nem esses pequenos!
Beijo

portal praia do rosa disse...

Praia do Rosa tem gente que faz. ......