quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Pastasciutta: "mangia che te fa bene", Papai Noel

Quando o Papai Noel não está no Pólo Norte é por que, provavelmente, anda tirando uns dias de folga em sua casa na Serra Gaúcha. E o bom velhinho deve passar bem por lá: galeto, massa, fondue, chocolate...aha, tá explicado. É por isso que ele ganha aqueles quilinhos a mais que compõem o seu visual rechonchudo. Posso jurar que que o Papai Noel dá um pulinho num dos pontos gastronômicos mais tradicionais de Gramado: a Cantina Pastasciutta
Tenho boas lembranças desse restaurante que era um dos meus preferidos na minha infância. Quando a Catarina tinha seis meses, tivemos um almoço delicioso em família por lá com atendimento nota mil para bebês. Agora, foi a fez de levar a turma em peso para conferir o Natal Luz e a massinha “tudi bom” dessa legítima cantina. Chegamos bem cedo para jantar e garantir a nossa mesa. Nos finais de semana a fila de espera é gi-gan-tes-ca.
As fotos demonstram como o ambiente é gostosinho, simpático e italiano. São dois andares. 
Eu prefiro o tradicional primeiro andar, mas confesso que o andar de cima é mais espaçoso para a garotada. Antigamente, as paredes eram todas escritas e rabiscadas por clientes que deixavam suas mensagens. Atualmente, restou apenas esta parede lá no fundo para essa brincadeira.  
A mesa com grande variedade de antepastos é tentadora. Você serve e pesa o prato (odeio sistema de peso!). Eu pego leve, só um pedacinho de pão colonial e um patê de fígado. Assim, sobra bastante espaço para a pasta.
Prato infantil? Tem, sim senhor! Filé, batata sorriso e arroz ou na manteiga. Meus filhos pediram e ganharam a porção deles com molhinho nas massas. De tomate para o Matias... 
...e de queijo para a Catarina. 
Eu dividi um fettuccine branco à Primavera com a nossa ajudante, babá e, praticamente segunda mãe, a Sandrinha. Foi um exagero, pois o prato serve bem três pessoas. O molho leva bastante azeite de oliva, tomate secos, ervas, muzzarella de búfala e escalopés de filé - quase um molho pesto, maravilhoso! E a massa caseira, uma loucura.
Santo aplicativo de Iphone que permite com que a gente aprecie sem pressa nosso alimento divino. O Matias adora o da memória.
Da nossa janela, ao lado da mesa, dava para ver a iluminação de Natal das ruas de Gramado começando a brilhar.  
Fechamos a conta, deixamos o nosso cartão de boas festas na árvore do restaurante e nos mandamos para o Show de Acendimento das Luzes na Av. Borges de Medeiros. Um espetáculo simples, porém emocionante...
... e com direito à neve! Valeu a viagem.
Nosso delicioso jantar no Pastasciutta saiu R$ 135. Porém, foi comida demais, tinha quantidade para mais um convidado à mesa (podia ter sido o Papai Noel). Na próxima vez, vamos enviar uma cartinha do Destemperadinhos para o Poló Norte convidando nosso amigo de barba branca.

Av. Borges de Medeiros, 2083
Centro - Gramado/RS
(54) 3286 2131  / 3286 5600

11 comentários:

Buenos Aires para Niños disse...

Oi, Alexandra.
eu estive nessa cantina quando meu filho tinha um ano. Lembro que ele se lambuzou com um prato de macarrão fusili. A gente falava desse lugar até hoje, só que não lembrava o nome! Voltaremos lá um dia!
beijos,
Fernanda.

Priscilla disse...

Que delícia de passeio! As crianças devem ter amado! Ai, que saudades de Gramado...

Coisas de mãe disse...

Nossa, teu prato tava lindo!!! Adoraria estar junto para dividir : )

Fiquei com vonade de ir pra gramado no Natal. Só fui no inverno (e adorei). PReciso conehcer esta versão!!

bj

Mamma Mini disse...

ai que delí, acho Gramado tão festivo, imagino no Natal, adoro as luzes, e adorei os pratos, um beijo querida!

euleiomagalimoraes disse...

Alexandra, eu AMO essa cantina. É uma explosão calórica, um atentado à qualquer balança, mas tem que ir. E as crianças adoram esse ambiente.
beijos
Magali

Bruno disse...

faltou um S no nome do título ;) Fui esse ano com a minha esposa e comemos o Tortei indicado no post do Destemperados; "NOSSA" foi o que eu disse quando provei, É muito bom; com certeza é o restautante que pretendemos visitar sempre que estivermos em Gramado. Valeu a dica deles e o "Remember" de vcs. (fome!! - 9:40 da manhã - heheh)

Carol Garcia disse...

inveja branca como a neve.....
lê,
nem tenho mais gracinhas saborosas pra tanto post deleicioso...
fala sério...
se bem que essa massa caseira me levou direto, de tunel do tempo, pra casa da minha nona, láaaaaaa no começo dos anos 80....
aí não tem cantina que ganhe...
bjo bjo bjo

Alexandra disse...

Valeu, Bruno. A comilona comeu o S do título.

Mamma Mini disse...

Ale, infelizmente ainda não temos ponto de venda em PA mas acho que a partir de janeiro deve rolar algo porque tenho uma representante que vai trabalhar esta região exclusivamente! beijos querida!

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

Tu gosta de torturar a gente mesmo,einh??kkkkkk...cara,eu sou louca por massa...ai ai.. mal acabei de almoçar e to aqui de agua na boca,acredita??huauahaua..
olha,podemos sim fazer o post do mangai,é so vc falar como vc prefere..mas vou ficar devendo a ft...eu tava tao atacada d efome que devorei td e só depois vi que n tinha tirado ft dos pratos..hehehe...
vc quer copiar o post? se quiser desde ja esta autorizadiiiissima,bem como edita-lo da maneira que achar melhor,tá???
beijos!!!
;-)

Diego disse...

A melhor massa da Serra sem sombra de dúvidas. Adoro todas!