sexta-feira, 9 de julho de 2010

Don Nicola – o restaurante como nos velhos tempos.

Sábado é nosso dia oficial de almoçar fora com as crianças. E, quando queremos fugir das filas de espera ou dos lugares muito fechados, optamos pelo maravilhoso e simpático Don Nicola. Já na chegada, o sorridente “guardinha dos carros” nos recebe.
Nem parece que o restaurante está cercado de tantos prédios altos. A casa é bem antiga e parece um pedacinho do Vale dos Vinhedos no meio do bairro Bela Vista de Porto Alegre, com direito a pracinha,...
uma casinha (ou o que ainda resta dela)...
e um pequeno parreiral de uva.
Tem cara de restaurante do tempo da vovó. Também, só podia, foi inaugurado em 1964. Tudo é simples, caseiro e aconchegante. Já vou avisando que o perigo é essa escada e o sobe e desce do restaurante para a pracinha. Único ponto negativo com crianças pequenas.
A Alessandra, filha do “Don Nicola” (o falecido fundador), e sua coleção de galinhas lindas comandam tudo no caixa. As galinhas já viraram uma boa distração para a gurizada.
Tem uma ave que se destaca mais entre todas da coleção: é o famoso frango prensado. E, enquanto ele não chega à mesa, uma polenta frita é o que engana nosso estômago.
O Don Nicola tem poucas opções no cardápio: frango, massas (ao sugo, alho e óleo e na manteiga), polenta frita, bruschetta e saladas. E basta, porque a massa ao sugo e o frango prensado são insuperáveis. Para dois adultos e duas crianças pequenas, uma porção de frango prensado...
...e duas porções de massa ao sugo - ou uma porção e meia - é o suficiente. Arrisco-me a dizer que é um dos melhores molhos de tomate da cidade.
As crianças amam. Dá pra sentir a vontade de devorar pelo número de colheres no prato.
Eu adoro refrigerante, mas, como sou mãe e um exemplo para meus filhos, vez ou outra peço suco ou água. Como aqui tem um suco de uva com gosto de picolé, vale muito a troca.
Depois do almoço, as crianças já queriam descer correndo para a pracinha. Porém, seguramos elas mais um pouco à mesa com a autêntica torta de sorvete, como sempre, dividida em três pedaços: um fica com o merengue, a outra com o sorvete e o outro só com a cobertura pra comer de colher.
Cada um fica com um pedaço da torta e o Mojo, meu marido, com a conta. No Don Nicola ela gira em torno de uns R$ 80, bem honesto. Uma boa dica para os papais atrapalhados é pegar a massa e o frango e levar pra casa. A gente faz muito isso. Liga antes para a Alessandra e faz o pedido. Mas cuide: o molho de tomate desse lugar vicia de tão bom!

DON NICOLA
Rua Artur Rocha, 1109 - Bela Vista
Porto Alegre - RS
(51) 3331-5464

5 comentários:

Tatiana disse...

E pensar que a "Dona Nicola" queria vender tudo depois da morte do marido...
Méritos da Alessandra, que guardou o diploma de Arquitetura na gaveta, arregaçou as mangas e toca aquilo tudo sozinha a pulso firme!!

Diego disse...

Adoro esse lugar. Tem um clima de tradição no ar. Vontade de comer agora esse frango.
Beijo

Chris Ferreira disse...

Oi Alexandra,
cheguei aqui pela dica de selinho da Pati.
Adorei o seu blog e as suas dicas pena que são longe para mim. Mesmo assim vou passar sempre por aqui.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com/

Mãe Mochileira,filho malinha.. disse...

preciso jáaaa de um pedaço dessa torta!!!
rsrs..
que lindo lugar!to viciada no seu blog..qndo vens provar a culinaria nordestina com os pequenos???quando vier por aqui,iremos adorar partilhar com vcs um delicioso arroz de leite,com macaxeira e paçoca..e outras delicias daqui..hummm!!
bjs,otima semana!!

Ligia disse...

Gostei de tudo; o clima de casarão de Vó, a pracinha, esse franguinho prensado (huummy), essa polenta tentadoramente dourada e crocante, a coleção simpática de galinhas, a sobremesa divida criativamente, mas o que mais me encantou mesmo, foi a foto de sua filhota, poeticamente admirando o parreiral, com o charmoso lencinho na cabeça...Lindo post!