quinta-feira, 23 de setembro de 2010

O melhor camarão do meu mundo: o da Tia Lú

Aproveitamos o último feriado gauchinho para curtir a nossa prainha na Santa e bela Catarina (por sinal, motivo da escolha do nome da minha filha Catarina). Pedi para minha amiga e vizinha, Lú Bononi - mãe de gêmeas fofas de 5 anos - , preparar a receita que amo tanto. Já fiz algumas vezes, mas a dela sempre fica melhor, e as gurias (Catarina, Martina e Carolina) amam. Aliás, todos os amigos e crianças que aparecem por lá lambem os dedos. Com vocês, a Chef Lu Bononi e o nosso lindo mar!
Receita:
Comprar um 1k de camarão com casca, não muito grande. Lavar bem e retirar as cabeças (eca, trabalho ingrato, mas recompensador no final).
Secar bem os camarões no papel toalha. Enquanto isso, cortar o alho em lâminas fininhas. Quantas cabeças (ops, dentes), Lú? Acho que, como ajudante, cortei uns 8 grandes.
Separar sal, óleo, azeite, shoyo e uma frigideira grande. Fizemos em uma panela elétrica dentro da churrasqueira, pois na praia não temos coifa.
Colocar o óleo e o azeite. Deixar aquecer e acrescentar o alho. Quando começar a dourar, retire o alho da panela e reserve.
Feito isso, jogue os camarões para a panela. Fizemos a receita em duas etapas, pois 1k de camarão não cabe inteiro nessa panela. 
Quanto mais tempo fritar, mais gostoso e crocante fica. A Lú recomenda usar duas espátulas para mexer e virar os camarões a todo o instante. Quando estiver quase no ponto, bem torradinhos, acrescentar o sal a gosto,...
o alho torrado e shoyo. Segundo a Lú, as quantidades são a olho (incrível, ela nunca me dá as medidas certas). Pronto!! O melhor petisco pós-praia está servido!
Acima dos 18 anos, vai bem com cerveja gelada, gin tônica e caipirinha. Para os baixinhos, um milho cozido para incrementar ainda mais o menu kids by Lú Bononi
Certo, chefinha? Saudades do verão!

9 comentários:

Carol Garcia disse...

hummmmm...
deu até pra sentir o cheirinho.

que maldade...kkkkkkkk

ótima receita. somos todos viciados em camarão.

bjocas

Mariana disse...

oi alexandra, tem post especial para ti no blog!
beijos,
mariana do diario da mariana

Leandro Eberle disse...

esse camarao fica mesmo fantastico e concordo plenamente q é o melhor petisco pos praia. com uma ceva entaooooo!! mas uma correçao so na receita: voce picou 8 DENTES de alho, nao cABEÇAS ehheeh

Carol Passuello disse...

Hummmmmmmmmm delícia! E depois de um mergulho, entao...
Tô te seguindo no twitter tb, viu?
Bj bj

Alexandra disse...

Obrigada, Leandro. Sou ruim de anatomia do alho!!
Vou corrigir o erro. Mas, pelo menos sei cortar o alho. bjs

Tatiana disse...

Caraca, o tamanho da inveja que eu tô sentindo não deve fazer bem para a saúde!!!
Camarão e Silveira, que *%¨%*$#&%$& de inveja

Ligia disse...

Oi, Alê!

Depois de uns dias fora, e retornar aqui ontem, fiquei atrasadíssima, com tantos posts perdidos. E resolvi começar, pelo post do "pregnancy Xis", que eu amei!
Fiquei encantada, com o link afetivo-gastronômico do lugar e sanduba, com a história do nascimento da Catarina.
Só que depois de escrever minha impressão sobre o post, perdi tudo!!!! E fiquei muito braba com o computador/servidor/provedor/sistema e tal...aí tive que sair, e não deixei comentários.

Quanto a esse aqui, tenho que fazer uma declaração de amor. Porque amo!: camarão, férias e feriados, praia, crianças, amigos, bons momentos em torno da cozinha, receitinhas clássicas, que nos marcam, e, principalmente fotografar tudo isso, pra registrar esses instantes felizes, pra posteridade!

E você fez tudo isso, com maestria!
Já copiei essa receita, e vou fazê-la para a família e amigos, quando estivermos na praia, ou na cidade, ou no campo. Parece ser delicioso!

E, pelas barbas de Netuno, e pelas barbatanas de todos os camarões, que fotos são essas, Alexandra? Ma-ra-vi-lho-sas!
Sem falar na louça, visual da cozinha, a fumacinha saindo do camarão...Já está beirando as raias do abuso! Você tá aterrorizando! Minhas retinas, meu olfato, e gula, Sem esquecer da memórias que estão sendo evocadas!

Não tem pra ninguém! Você e essa turma Destemperada, vou te contar...
Arrasam!
Beijos e thanks, pela receita e o pulo do gato.

Ligia disse...

Voltei pra dar um crédito, especialmente pra Lú, que também teve mérito; o de fazer essa maravilha!

Então, se pensarmos bem, esse prato poderia ter o nome da dupla imbatível, Ale e Lu, e deveria se chamar: Camarão Alelu...ia! Amém!

Alexandra disse...

Lígia, o blog fica sempre mais gostoso com o acréscimo precioso, detalhista e bem escrito dos teus comentários! Obrigada. Beijos
Alexandra